Colecções Museológicas

Das expedições realizadas aos Açores, Madeira e ex-colónias e ao longo de décadas, os membros do CPAS, foram recolhendo do fundo do mar peças de Arqueologia e espécies marinhas, de que resultou um valioso espólio subaquático. A elas se foi juntando o próprio equipamento de imersão utilizado, assim como, peças oferecidas por sócios.

Em 1969, as colecções reunidas foram oferecidas à Câmara Municipal de Lisboa, com um objectivo: criar «O Museu Municipal da Vida Submarina e da História Submersa».

O acervo do futuro Museu, dada a sua vocação pluridisciplinar, permite a coexistência de 3 núcleos museológicos:

Arqueologia Subaquática

Este núcleo, cujos artefactos são provenientes de diversos sítios arqueológicos submersos, fluviais e marítimos, contam histórias da Antiguidade ou de naufrágios em águas Portuguesas ou em mares longínquos.

Biologia Marinha

Este núcleo é constituído por colecções variadas de corais, conchas, briozoários, espongiários e fósseis, cujas proveniências correspondem a diversos recifes e oceanos.

Equipamento de Imersão

Este núcleo é composto por diversos equipamentos de mergulho, instrumentos e material para imersão, que permitiram obter um melhor conhecimento tanto da Arqueologia Subaquática, como da Biologia Marinha.

Partindo das Colecções Museológicas conservadas no CPAS e pertencentes à CML, o que se propõe é um espaço museológico com uma exposição permanente sobre a História do nosso (re)encontro com o Fundo do Mar. A História da Imersão surge assim como uma forma de contar uma aventura Humana interdisciplinar.

O aspecto inovador deste projecto é relacionar a evolução do equipamento e técnicas de mergulho com aquilo que estas permitiram obter em termos de conhecimento quer da Arqueologia Subaquática por um lado, quer da Biologia Marinha por outro.

A proposta do CPAS à CML foi feita à cerca de meio século! Desde então temos tentado passar a mensagem sobre esta novidade museológica, aguardando por instalações dignas do património em causa, já que o seu potencial temático constituirá um conjunto museológico único no País e na Europa.

Resta ao CPAS divulgá-lo à sociedade pelo meio virtual.

Saber mais sobre o Projecto apresentado ao Ministério da Defesa para instalação do Museu no Forte do Bom Sucesso, em Belém.